Dry the River é um quinteto indie folk / alt-country de Stratford, Londres, Inglaterra. Peter D’Artagnan Liddle (vocalista/guitarrista) foi o grande mentor desse projeto, que foi formado no início de 2009. Em Junho de 2009, trabalharam com o produtor Peter Miles (The King Blues, Sweet Billy Pilgrim, Young Soul Rebels), na gravação do seu EP de estreia “The Chambers & The Valves” que foi gravado em apenas dois dias. Este foi seguido de uma turnê de trinta dias com o cantor e compositor Matthew Reynolds, e tiveram uma agenda pesada de shows ao lado de bandas como: Broadcast2000, Plants & Animals, Port O’Brien, Deer Tick e Bowerbirds. Lançaram seu segundo EP “Bible Belt” em Janeiro de 2010. São uma ‘mistura lindíssima’ de folk, alt-country, Gospel e indie rock fortemente influenciados por Paul Simon, Leonard Cohen e Suzanne Vegaand. Mais que promissores, eu diria. *-*




3 comentários em “DRY THE RIVER

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.